Vice-presidente da Venezuela comemora participação expressiva na Constituinte

Caracas, 30 jul (EFE).- O vice-presidente da Venezuela, Tareck El Aissami, celebrou neste domingo a grande participação nas eleições para a Assembleia Nacional Constituinte convocada pelo governo e sem a participação da oposição.

"Trinfou a paz, podemos dizer, triunfou a democracia. O povo massivamente saiu para exercer este direito humano, este direito fundamental", disse El Aissami em um discurso transmitido pela emissora estatal "VTV" após votar no pleito.

"Em nível nacional, a participação é absolutamente favorável, satisfatória, salvo um incidente que acaba de ocorrer no estado de Táchira. Estamos avaliando", disse o vice-presidente.

El Aissami responsabilizou pelo incidente as "forças da intolerância" e a "antidemocracia que pretende impor a agenda da violência e que tentaram sabotar um centro de votação".

O vice-presidente também criticou aos veículos de imprensa do país, acusando os jornalistas de não noticiar a participação expressiva dos venezuelanos na votação da Assembleia Constituinte.

Uma mensagem similar foi divulgada pelo chefe de campanha para a Constituinte, Héctor Rodriguez, que comemorou o "rio de gente" que, avaliou, foi "votar contra a violência".

A Agência Efe testemunhou a formação de várias filas em alguns centros de votação no oeste de Caracas, nos quais ativistas do chavismo acompanhavam os votos de quem tinha ido às urnas.

Em uma dessas seções eleitorais, na paróquia de Antímano, a presença de apenas das máquinas de votação atrapalhava o processo.

As eleições ocorrem em meio a bloqueio de ruas e outras formas de protesto convocados pela oposição em cidades de todo país, com o registro de confrontos em várias regiões.

A oposição, que pediu que houvesse protestos nos centros de votação para evitar confronto entre os cidadãos, também convocou um grande protesto em Caracas, onde as forças de segurança já começaram a dispersar algumas manifestações com bombas de gás lacrimogêneo.

Opositores e chavistas travam no Twitter uma guerra de informação. Os primeiros mostram fotos de centros de votação desertos, e os segundos publicam imagens de filas para votar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos