Exército do Líbano bombardeia alvos do EI em região na fronteira com a Síria

Beirute, 31 jul (EFE).- O Exército do Líbano atacou nesta segunda-feira com aviões e artilharia pesada posições do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) nas regiões de Ras Baalbeck e Qaa, perto da fronteira com a Síria.

Uma fonte militar disse à Agência Efe que um avião disparou três mísseis contra alvos do EI nessas áreas, que ficam no norte do vale de Bekaa. Além disso, a artilharia tinha como objetivo destruir jihadistas que se moviam de forma suspeita.

As tropas libanesas não enfrentam diretamente os combatentes do EI. O grupo xiita libanês Hezbollah expulsou nos últimos dias a ex-filial da Al Qaeda na Síria da região de Arsal, que fica perto da área controlada pelos jihadistas do EI.

Atualmente, o Exército faz negociações indiretas com o EI para que os homens do grupo terrorista se retirem do país e cruzem a fronteira em direção à Síria.

A Frente da Conquista do Levante, a antiga Frente al Nusra, ex-filial da Al Qaeda na Síria, fez um acordo com o Hezbollah para deixar Arsal após vários dias de combate. Hoje mesmo, 9 mil combatentes e suas famílias estão sendo retirados da região.

Cerca de 70 ônibus saíram hoje de Wadi Hmayed, em Arsal, com milicianos da Frente da Conquista do Levante em direção à Síria.

Eles devem ir até Idleb, no norte do país, uma região quase totalmente controlada pelos jihadistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos