Atentado contra mesquita xiita deixa 15 mortos e 20 feridos no Afeganistão

Cabul, 1 ago (EFE).- Um ataque suicida contra uma mesquita xiita na cidade de Herat, no oeste do Afeganistão, deixou pelo menos 15 mortos e 20 feridos nesta terça-feira, segundo informaram fontes oficiais.

O porta-voz da Direção de Saúde Pública da província da Herat, Rafiq Shirzai, disse à Agência Efe que até agora "mais de 15 corpos e mais de 20 feridos" foram transferidos ao hospital.

Por sua parte, o porta-voz do governador da província da Herat, Jailani Farha, cifrou em mais de 50 o total de vítimas, entre mortos e feridos.

A explosão ocorreu às 20h (horário local, 12h30 em Brasília) em uma mesquita pertecente à minoria xiita do país, quando dezenas de pessoas estavam rezando no local.

Os ataques contra esta minoria religiosa são comuns no país asiático. O último deles aconteceu em junho durante o mês sagrado do Ramadã, quando um atentado suicida reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI) deixou seis mortos e oito feridos em uma mesquita xiita de Cabul.

O Afeganistão vive um recrudescimento da violência desde o final da missão militar da Otan em janeiro de 2015, o que fez o Executivo perder terreno perante os talibãs até controlar apenas 57% do país, segundo dados dos Estados Unidos.

A missão da ONU no Afeganistão anunciou em julho que o conflito registrou um novo recorde de mortes de civis, com 1.662 mortos nos primeiros seis meses do ano, 2% a mais que em 2016, incluindo o aumento de mortes de crianças e de mulheres em 9% e 23%, respectivamente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos