Tiroteio em tribunal de Moscou deixa 3 mortos e 2 feridos

Moscou, 1 ago (EFE).- Três homens morreram e outros dois ficaram gravemente feridos nesta terça-feira após um tiroteio em um tribunal de Moscou, onde eram julgados por 17 acusações de assassinato e assaltos à mão armada, informaram as autoridades russas.

Os cinco foram alvejados depois que um deles tirou a arma de um policial para tentar fugir do tribunal.

No incidente também ficaram feridos pelo menos três policiais, dois dos quais foram os que abriram fogo contra os criminosos quando estes tentavam deixar o edifício.

"Hoje no Tribunal da região de Moscou, cinco acusados no caso do chamado 'bando GTA' atacaram os policiais que os custodiavam, tiraram suas armas regulamentares e tentaram fugir", explicou o porta-voz da Guarda Nacional da Rússia, Yevgueni Kubishkin.

Outros dois policiais que estavam no prédio "tentaram render os agressores, mas estes abriram fogo contra eles", acrescentou o porta-voz.

No tiroteio, os dois agentes mataram três dos criminosos e feriram gravemente outros dois.

Segundo algumas informações fornececidas pelas agências russas, também ficaram feridos dois funcionários do tribunal, um homem de cerca de 45 anos e uma mulher de 40, que foram hospitalizados em estado menos grave ao sofrer contusões.

O policial de quem os acusados tiraram sua arma também foi hospitalizado com contusões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos