Bogotá homenageará papa Francisco com monumento por apoio a processo de paz

Bogotá, 2 ago (EFE).- O papa Francisco foi declarado filho emérito de Bogotá, cidade que o homenageará com um monumento e um colégio que levará seu nome por ocasião da visita que realizará em setembro à Colômbia, segundo um acordo aprovado pelo Conselho Distrital.

Segundo a vereadora conferente do acordo aprovado, Luz Marina Gordillo, a homenagem ao papa, que visitará o país de 6 a 10 de setembro, é um reconhecimento ao seu apoio ao processo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

"O papa foi muito importante para os acordos de paz, intermediou para que se chegasse ao termo final. Esse compromisso do papa com os cidadãos colombiados permitiu que lhe façamos um reconhecimento", afirmou hoje à Agência Efe Gordillo, do Partido Liberal.

O acordo aprovado estabelece a construção de uma estátua do pontífice no Parque Simón Bolívar, que deve ficar pronta antes da missa que Francisco oficiará nesse lugar em 7 de setembro.

Os recursos para o monumento serão fornecidos pela Secretaria de Cultura de Bogotá, "proveniente do orçamento aprovado em novembro do ano passado", acrescentou.

Gordillo destacou que também foi aprovado que um dos colégios projetados pelo Plano de Desenvolvimento da Prefeitura de Bogotá tenha o nome do papa Francisco.

As entidades encarregadas da realização de ambas as obras serão as Secretarias distritais de Cultura, de Integração Social e de Governo, que respaldaram o projeto em Plenário.

Francisco chegará a Bogotá em 6 de setembro e no dia seguinte desenvolverá diversas atividades na capital colombiana. Depois, o papa visitará também as cidades de Villavicencio, Medellín e Cartagena.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos