Bombardeios da coalizão internacional matam pelo menos 26 civis em Al Raqqa

Beirute, 2 ago (EFE).- Bombardeios da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos deixaram pelo menos 26 civis mortos nas últimas 24 horas, entre eles nove crianças e cinco mulheres, na cidade de Al Raqqa, principal reduto do Estado Islâmico na Síria.

As informações foram divulgadas pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos, que afirmou que aviões da coalizão atacaram áreas controladas pelo Estado Islâmico na cidade, onde ainda há dezenas de milhares de civis.

Alguns dos moradores de Al Raqqa fugiram dos bairros dominados pelo EI para áreas dos arredores da cidade já dominads pelas Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança liderada por milícias curdas e apoiada pela coalizão.

O Observatório calcula que entre 20 mil e 50 mil civis, de uma população inicial de 200 mil pessoas antes do início da guerra na Síria, ainda seguem em Al Raqqa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos