Começa no Líbano evacuação de combatentes de ex-filial da Al Qaeda

Beirute, 2 ago (EFE).- A evacuação dos combatentes da ex-filial síria da Al Qaeda da região libanesa de Arsal começou nesta quarta-feira, no marco de um acordo para colocar fim às hostilidades com o grupo libanês Hezbollah.

Os 26 primeiros ônibus com cerca de mil combatentes do Organismo de Liberdade do Levante e seus familiares deixaram hoje a cidade de Wadi Hmayed em direção à região síria de Idlib, disse à Agência Efe uma fonte militar libanesa.

A caravana será escoltada até a fronteira pelo Exército libanês, pela Segurança Geral, pela Cruz Vermelha Libanesa e pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha.

Estava previsto que o comboio saísse cedo, mas problemas logísticos atrasaram a partida por várias horas, segundo a fonte militar.

O Centro de Informação de Guerra do Hezbollah informou que o comboio de ônibus transportará 7.777 pessoas, divididas em dois grupos.

O primeiro, que passará por zonas controladas pelo Exército, é integrado por 116 jihadistas e 6.101 civis.

O segundo grupo, que passará por outras zonas fora do controle do Exército, compreende mil combatentes e 560 civis.

Segundo a mesma fonte, os jihadistas queimaram hoje os seus quartéis generais em Wadi Hmayed e Al Malahi antes de empreender a evacuação.

O acordo, assinado na quinta-feira, pôs fim a vários dias de combates na região fronteiriça de Arsal, e também envolveu a troca de vários prisioneiros de ambos os grupos.

O grupo xiita lançou uma ofensiva há duas semanas para expulsar os jihadistas do território que controlavam no nordeste do Líbano e conseguiu recuperar a maior parte da área, após dias de intensos combates.

Na quinta-feira, Hezbollah anunciou um cessar-fogo na zona e desde então aconteceram negociações para evacuar os combatentes radicais e suas famílias para a região síria de Idlib, que é controlada em sua maioria por facções islâmicas.

Durante a madrugada de hoje, três jihadistas do Organismo de Liberdade do Levante foram postos em liberdade da prisão de Rumine e trocados por três combatentes do Hezbollah, que foram capturados durante os combates em Arsal das últimas duas semanas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos