Inundações no centro e no nordeste da Tailândia deixam 23 mortos

Bangcoc, 2 ago (EFE).- Pelo menos 23 pessoas morreram durante as graves inundações que atingem 44 províncias do centro e do nordeste da Tailândia e já afetaram cerca de 1,2 milhão de pessoas, informaram nesta quarta-feira as autoridades do país asiático.

Apesar de o nível da água ter começado a baixar na maior parte da região, várias províncias ainda estão em situação crítica, segundo a última atualização do Departamento para a Prevenção e Gestão de Desastres.

De acordo com este órgão, que é vinculado ao ministério do Interior, o desastre natural foi consequência do forte temporal que castigou a região no mês passado.

O governo tailandês aprovou nesta semana um fundo de emergência de 35 milhões de bahts (US$ 1 milhão) para enfrentar os danos produzidos pela catástrofe.

No final de 2011, as fortes chuvas e a falta de coordenação entre as autoridades locais levaram à pior inundação registrada em mais de 50 anos no país.

Mais de 500 pessoas morreram e a economia da Tailândia acabou sendo gravemente afetada devido às detenções bruscas registradas em vários parques industriais e ao fechamento temporário de um dos aeroportos da capital Bangcoc.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos