Maduro presidirá hoje cerimônia de posse de membros da Constituinte

Caracas, 2 ago (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, presidirá nesta quarta-feira, na capital do país, a cerimônia de posse dos membros da Assembleia Nacional Constituinte eleita no domingo com o boicote da oposição, protestos de cidadãos e rejeição de boa parte da comunidade internacional.

O evento, que será realizado no Poliedro de Caracas, foi anunciado hoje pelo governo. A expectativa é que tenha início às 15h locais (16h em Brasília).

Segundo o governo, essa assembleia que tem como missão mudar a Constituição e reorganizar o Estado para fortalecer o projeto chavista será instalado amanhã no Palácio Federal Legislativo, onde atualmente funciona o parlamento, de maioria opositora.

A oposição, que vê a Constituinte como uma tentativa de "consolidar uma ditadura", se comprometeu a evitar a posse desses novos representantes. Amanhã, os deputados se manifestarão em Caracas contra o processo, considerado por eles como fraudulento.

Segundo o próprio presidente e alguns dos representantes eleitos para a Assembleia Constituinte, a imunidade parlamentar dos deputados será encerrada. Alguns membros da oposição responderão pela violência das manifestações contra o governo no país.

Maduro também afirmou que a Constituinte servirá para intervir na Promotoria depois da procuradora-geral, Luisa Ortega Díaz, uma aliada histórica do chavismo, ter passado a criticar o governo.

Países como os Estados Unidos, México, Colômbia e a União Europeia afirmaram que não reconhecerão a Constituinte. A Espanha propôs ao bloco europeu sanções contra membros do governo da Venezuela, uma medida que já foi tomada pelos americanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos