Forças sírias e rebeldes chegam a acordo de trégua em Homs, segundo ativistas

Beirute, 3 ago (EFE).- As forças governamentais da Síria e os rebeldes alcançaram um acordo de cessar-fogo na província central de Homs, que deve entrar em vigor após o meio-dia (horário local), informou nesta quinta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

O pacto, cujo cumprimento será garantido pela Rússia, inclui áreas do norte de Homs, como as cidades de Telbise, Al Rastan e Al Hula, entre outras.

Estão excluídos do acordo o antigo braço sírio da Al Qaeda e o grupo terrorista Estado Islâmico (EI), que enfrentam o exército sírio no leste de Homs.

O acordo estipula um cessar-fogo por parte das forças governamentais e das facções insurgentes para criar uma zona de distensão.

O texto proíbe de forma explícita os bombardeios, os disparos de artilharia e o uso de armas leves.

Além disso, as partes se comprometem a facilitar a entrada de ajuda humanitária para melhorar a situação e a remoção dos feridos para hospitais sírios e russos.

Este é o terceiro acordo deste tipo firmado na Síria no último mês.

Desde 9 de julho, está em vigor nas províncias de Al Quneitra, Deraa e Al Sweida um cessar-fogo que reduziu notavelmente a violência.

Já na região de Ghouta Oriental, o principal reduto opositor nos arredores da capital Damasco, também está vigente outra trégua desde 22 de julho, mas com muitas violações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos