Japão remodela governo com novos ministros de Defesa e Relações Exteriores

Tóquio, 3 ago (EFE).- O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, realizou nesta quinta-feira uma remodelação de seu gabinete ministerial, na qual se destacam os novos titulares de Relações Exteriores e Defesa, e que não afeta o núcleo duro do Executivo, anunciou seu porta-voz.

Na pasta de Relações Exteriores, o veterano politico Taro Kono sucederá Fumio Kishida, uma das figuras-chave do Executivo e visto como possível sucessor de Abe, que ocupará a partir de agora um cargo relevante na direção do Partido Liberal Democrata (PLD), anunciou em coletiva de imprensa o porta-voz Yoshihide Suga.

No Ministério da Defesa, o também veterano Itsunori Onodera ocupará o cargo de Tomomi Inada, que renunciou na semana passada pela ocultação de dados sobre a missão de paz japonesa no Sudão do Sul, um caso que desgastou ainda mais a imagem do Executivo após vários escândalos que atingiram Abe.

Por outro lado, permanecem no Executivo o vice-primeiro-ministro e titular de Finanças, Taro Aso, e Hiroshige Seko, na pasta de Economia, Comércio e Indústria, além do próprio Suga como ministro porta-voz.

Do total de 19 integrantes do gabinete ministerial, 13 tinham experiência como ministros e seis são estreantes, enquanto que há apenas duas mulheres à frente de ministérios: Seiko Noda, na pasta de Administração, e Yoko Kamikawa, na de Justiça, uma a menos que na remodelação anterior feita por Abe há um ano.

Ao anunciar a remodelação nesta semana, o próprio Abe reconheceu que tem como objetivo "recuperar a confiança dos cidadãos", após a sucessão de escândalos que sacudiram o Executivo e fizeram sua popularidade despencar, além de propiciar derrotas ao PLD em duas eleições regionais.

O apoio popular ao Executivo caiu 15 pontos, até deixá-lo em torno de 30%, de acordo com várias pesquisas publicadas na semana passada, que situam o premiê em seu pior momento desde que chegou ao poder no final de 2012.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos