Pistorius volta à prisão após ser hospitalizado com dores no peito

Nairóbi, 4 ago (EFE).- O atleta sul-africano Oscar Pistorius retornou nesta sexta-feira à prisão, onde cumpre uma pena de seis anos pelo assassinato de sua namorada, após passar a noite em um hospital de Pretória por conta de uma forte dor no peito, informou a imprensa local.

O atleta foi levado ao hospital Kalafong ontem para a realização de exames médicos, mas fontes no hospital precisaram aos meios de comunicação locais o motivo da internação, o que alimentou os rumores sobre Pistorius ter problemas de coração.

Em declarações à revista sul-africana "You", o pai de Pistorius, Henke, afirmou que seu filho "está bem" e explicou que ele tinha pego um "forte resfriado" que poderia estar por trás das fortes dores que sentiu no peito.

O atleta não recebeu nenhum tratamento especial, segundo o porta-voz das Instituições Penitenciárias sul-africanas, Singabakho Nxumalo. "Pistorius está de novo sob nossa custódia".

Pistorius, que tem 30 anos, matou sua namorada Reeva Steenkamp na madrugada de 14 de fevereiro de 2013 em sua casa de Pretória.

O esportista afirmou que abriu fogo contra Reeva após tê-la confundido com um ladrão que teria entrado em sua casa pela janela do banheiro.

Esta versão foi aceita pela juíza do caso, Thokozile Masipa, do Superior Tribunal de Pretória, que o condenou em outubro de 2014 a cinco anos de prisão pelo delito de homicídio, ao considerar que não teve intenção de acabar com a vida da vítima.

A Promotoria recorreu e em dezembro de 2015 o Tribunal de Apelação anulou a condenação por homicídio e declarou Pistorius culpado por assassinato, ao concluir que teve intenção de matar a pessoa que estava no banheiro, independentemente de quem fosse.

O caso voltou ao Superior Tribunal de Pretória em 6 de julho de 2016, quando Masipa ditou uma pena de seis anos de prisão pelo assassinato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos