Forças armadas recuperam última localidade nas mãos do EI em Homs, na Síria

Cairo, 5 ago (EFE). - As forças governamentais da Síria retomaram neste sábado o controle da última localidade que estava em mãos do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na região central de Homs, após intensos bombardeios aéreos e lançamento de foguetes e mísseis, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG afirmou que as tropas, apoiadas por milicianos sírios e estrangeiros, entraram em Sujna, reduto dos jihadistas no leste de Homs, após oito dias de intensos ataques ao local. Segundo o Observatório, nas últimas 24 horas pelo menos 30 terroristas morreram na ofensiva das tropas governamentais, que cercaram a região no final de julho.

Conforme fontes no local citadas pelo Observatório, os combatentes radicais não quiseram se render e "lutaram até o fim", já que a maior parte deles é de lá e não tinha outro lugar para ir.

O exército sírio desenvolve uma campanha contra o EI em Homs, onde o grupo radical está presente no leste, enquanto que o resto da província está em poder das autoridades, exceto o norte, onde estão facções armadas opositoras.

Esta semana entrou em vigor uma trégua entre as forças governamentais e os grupos rebeldes em Homs, apoiada pela Rússia e pelo Egito, mas da qual não faz parte o EI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos