Irã e R.Unido pedem aplicação de acordo nuclear e fim da guerra no Iêmen

Teerã, 5 ago (EFE).- O Irã e o Reino Unido pediram nesta sexta-feira a implementação do acordo nuclear, assinado entre a república islâmica e o Grupo 5+1 (Estados Unidos, Reino Unido, França, China e Rússia, mais Alemanha) em julho de 2015, e o fim da guerra no Iêmen, segundo um comunicado publicado neste sábado pelo Ministério das Relações Exteriores iraniano.

O chefe da diplomacia iraniana, Mohammad Javad Zarif, e o ministro de Estado do Reino Unido para o Oriente Médio e o Norte da África, Alistair Burt, se reuniram ontem em Teerã e enfatizaram o interesse dos seus países em desenvolver a cooperação bilateral e a importância da implementação do acordo nuclear.

Burt se encontra em Teerã para assistir à cerimônia de posse do presidente iraniano, Hassan Rohani, que acontecerá hoje no parlamento da república islâmica.

O governo iraniano denunciou que os Estados Unidos, um dos signatários do acordo ao lado do Reino Unido, violou o pacto com as últimas sanções impostas contra Teerã por seu programa armamentista.

Além disso, Zarif e Burt trataram de assuntos regionais, como o conflito no Iêmen, defendendo o fim desta guerra para ajudar a população do pobre país árabe.

O Iêmen é palco de um conflito desde 2014, quando os rebeldes houthis ocuparam a capital Sana e outras províncias, um conflito que se agravou em março 2015 com a intervenção de uma coalizão militar liderada pela Arábia Saudita contra os insurgentes, que contam com o respaldo do Irã.

As relações entre Irã e Reino Unido passaram por muitos altos e baixos e incidentes como a detenção de 15 integrantes da marinha britânica em 2007 nas águas do Golfo, e a invasão de manifestantes na embaixada britânica em Teerã em 2011.

Após a eleição de Rohani em 2013 e a assinatura do acordo nuclear, os laços bilaterais melhoraram e os dois países reabriram suas respectivas embaixadas em agosto de 2015.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos