Mercosul aplica "cláusula democrática" e amplia suspensão contra Venezuela

São Paulo, 5 ago (EFE).- Os chanceleres dos países fundadores do Mercosul decidiram neste sábado aplicar a chamada "cláusula democrática", que amplia a suspensão da Venezuela do bloco.

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, informou em entrevista coletiva na Prefeitura de São Paulo que Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai determinaram uma "suspensão de natureza política, por consenso, uma sanção grave de natureza política contra a Venezuela".

A "cláusula democrática" do Mercosul permite a aplicação de sanções aos países nos quais seja rompido o fio institucional, inclusive econômicas e comerciais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos