Turquia reforça presença militar na fronteira com a Síria

Istambul, 5 ago (EFE).- O Exército turco enviou um novo comboio militar à província de Kilis, na fronteira com a Síria, segundo informações divulgadas neste sábado pela agência de notícias "Anadolu".

O comboio de artilharia, formado por seis tanques e veículos militares com obuses, foi deslocado ontem à noite perto do enclave de Afrin. Na região, vêm acontecendo com frequência enfrentamentos entre o exército turco e as milícias curdo-sírias Unidades de Proteção do Povo (YPG, na sigla em curdo), e ambos se acusaram mutuamente de iniciar as hostilidades.

As YPG são o principal contingente das Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada curdo-árabe apoiada pelos Estados Unidos que tentar tirar das mãos do Estado Islâmico a cidade de Raqqa.

Ancara as considera uma organização terrorista e as define como uma simples filial síria do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), a guerrilha curda na Turquia.

As autoridades do cantão curdo de Afrin, no norte da província de Alepo, e o Observatório Sírio de Direitos Humanos denunciaram em várias ocasiões ataques do Exército da Turquia, bem como um crescente envio de tropas na fronteira turca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos