Londres cogita pagar 40 bilhões de euros por "brexit", segundo jornal

Londres, 6 ago (EFE).- O Governo do Reino Unido está disposto a pagar 40 bilhões a Bruxelas como conta por abandonar a União Europeia (UE), segundo revelou neste domingo o jornal "The Sunday Telegraph".

A UE exigiu de Londres entre 60 bilhões e 100 bilhões de euros para pagar os compromissos econômicos que tinha adquirido antes de iniciar o processo do "brexit", no dia 29 de março.

Fontes do Executivo britânico assinalaram a "The Sunday Telegraph" que a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa Mai, cogita fazer uma oferta entre 30 bilhões e 40 bilhões de euros.

"Sabemos que a atual posição da UE está nos 60 bilhões de euros, ainda que seu verdadeiro limite sejam 50 bilhões. O nosso está mais próximo aos 30 bilhões, mas podemos chegar a um ponto comum nos 40 bilhões, ainda que a opinião pública e a classe política ainda não estejam convencidos", disse uma fonte citada pelo jornal.

Diversos funcionários de alto escalão comentaram ao periódico que o Governo só vai apresentar um valor fixado definitivamente sobre a mesa se Bruxelas se comprometer a começar a negociar o futuro acordo comercial entre ambos os lados do Canal da Mancha.

O diálogo oficial sobre as condições de saída do Reino Unido começou em junho, mas Bruxelas opina que a futura relação bilateral só começará a ser abordada quando questões como os direitos dos cidadãos e a fronteira na Irlanda do Norte ficarem esclarecidas.

A UE espera terminar as negociações no primeiro semestre de 2018, a fim de que todas as partes possam assinar e ratificar o acordo antes da data limite de 29 de março de 2019.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos