Aloysio participará de reunião de chanceleres sobre a Venezuela no Peru

Brasília, 7 ago (EFE).- O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, participará da reunião de chanceleres que será realizada amanhã em Lima, promovida pelo governo do Peru, para analisar a situação na Venezuela.

Nunes viajará à capital peruana dois dias depois de o Mercosul ter decidido aplicar a cláusula democrática contra a Venezuela, prolongando a suspensão do país do grupo por tempo indeterminado. O Brasil é o atual presidente temporário do bloco, também formado por Argentina, Paraguai e Uruguai.

"No exercício da presidência pro tempore do Mercosul, o governo brasileiro aproveitará a oportunidade para reiterar o entendimento que motivou a decisão adotada pelos países fundadores do bloco, no último sábado, em São Paulo, de suspensão da Venezuela com base no Protocolo de Ushuaia (cláusula democrática do Mercosul)", escreveu o Itamaraty em nota que confirma a participação de Nunes.

Segundo o comunicado, as últimas ações do governo de Nicolás Maduro, como a convocação de uma assembleia constituinte ilegítima, confirmaram a "ruptura da ordem democrática" no país vizinho.

"O Brasil buscará que os países reunidos em Lima enviem clara mensagem de solidariedade ao povo venezuelano, demonstrando o compromisso inabalável da região com restauração da democracia, das liberdades individuais e da paz social na Venezuela, por meio do diálogo e da negociação", conclui a nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos