Evo Morales diz que Venezuela é "ficha estratégica" nos planos do "império"

La Paz, 7 ago (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, acusou nesta segunda-feira o "império americano" de ter empreendido uma batalha para "recolonizar" a América Latina e o Caribe, na qual, em sua opinião, a Venezuela é a "ficha estratégica".

"Estamos perante um momento especial e um palco complexo. O império empreendeu a grande batalha para recolonizar a América Latina e o Caribe, e a Venezuela é a ficha estratégica", afirmou Morales em um ato com militares, indígenas e camponeses no planalto de La Paz, por ocasião do 192º aniversário das forças armadas.

O governante boliviano, que é aliado do governo de Nicolás Maduro, sustentou que "a Venezuela é um elo estratégico" para os Estados Unidos porque "possui a maior reserva de petróleo do mundo".

"Geopolítica e energia petrolífera é o que o império procura na Venezuela. Primeiro derrubar, depois dominar e depois apossar-se do petróleo venezuelano", opinou.

Segundo Morales, "a pior vergonha para a região" não é só que "alguns governos" se ponham "de joelhos perante a conspiração da CIA contra a Venezuela", senão que "alguns dirigentes anti-pátrias façam os penosos papeis de Felipillos e Malinches".

O nome Felipillo é uma referência ao indígena que acompanhou os conquistadores espanhóis Francisco Pizarro e Diego de Almagro nas suas expedições ao Peru, enquanto Malinche foi a mulher indígena, companheira e tradutora do conquistador Hernán Cortés, considerada uma traidora por alguns.

O governo de Morales é um dos poucos na região que manteve seu apoio a Maduro e que felicitou recentemente o trabalho dos 545 constituintes venezuelanos.

O governante boliviano admitiu no domingo que está sozinho na América do Sul em sua defesa a Maduro, mas assegurou que lutarão lado a lado e acusou a "direita" de fazer com que haja "mortos para desprestigiar um governo anti-imperialista".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos