Maduro sugere cúpula regional para restituir "diálogo latino-americano"

Caracas, 8 ago (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu nesta terça-feira aos países da Aliança Bolivariana dos Povos da Nossa América (ALBA) que convoquem uma cúpula para restituir o "diálogo latino-americano" e "as normas de respeito ao direito internacional".

"Eu proponho à ALBA e às lideranças poderosas dos países presentes que comecemos com a iniciativa dos senhores um diálogo pelo respeito da Venezuela", disse Maduro durante a cúpula extraordinária de chanceleres da ALBA realizada hoje em Caracas.

O líder chavista propôs para isso uma cúpula em San Salvador da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), uma organização continental impulsionada pelo falecido presidente venezuelano Hugo Chávez e integrada por 33 Estados da região.

Maduro se mostrou partidário de convocar ao início deste diálogo países como México, Argentina, Colômbia, Chile e Paraguai, os quais recriminou por terem rompido "as regras do jogo" ao não reconhecer a Assembleia Nacional Constituinte instaurada pelo seu governo para refundar o Estado e escorar a revolução na Venezuela.

O governante venezuelano disse que a Organização dos Estados Americanos (OEA) "fracassou" na sua tentativa de "acabar com a revolução bolivariana", depois que este organismo denunciou repetidamente abusos dos direitos humanos e atropelos da democracia no país caribenho.

Maduro disse estar em posse de pesquisas "muito profundas, científicas e sérias" que mostram que entre 70% e 80% dos mexicanos e dos argentinos não está de acordo com a postura crítica mostrada pelos seus governos com a sua gestão na Venezuela.

Pouco antes, a cúpula da ALBA tinha adotado uma resolução na qual os países-membros - entre os quais se destacam Cuba, a própria Venezuela, Equador, Bolívia e nações do Caribe - expressam seu respaldo à Constituinte e rejeitam as sanções contra funcionários venezuelanos adotadas pelos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos