Trump ameaça responder Coreia do Norte com "fogo e fúria"

Washington, 8 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, advertiu nesta terça-feira à Coreia do Norte que poderia responder suas ameaças com "um fogo e uma fúria nunca vistos no mundo", após surgirem relatos de que Pyongyang fabricou uma ogiva nuclear reduzida que pode ser colocada em um dos seus mísseis balísticos.

"Melhor que a Coreia do Norte não faça mais ameaças aos EUA. Encontrarão com um fogo e uma fúria nunca vistos no mundo", disse Trump em declarações aos jornalistas em Bedminster, Nova Jersey.

"Ele está fazendo muitas ameaças, mais do que o normal", disse Trump, em uma aparente referência ao líder norte-coreano, Kim Jong-un. "Ele encontrará fogo e fúria como o mundo nunca viu", completou o presidente americano.

As declarações foram feitas depois de o jornal "The Washington Post" ter revelado dados de um relatório da Agência de Inteligência de Defesa (DIA) sobre a Coreia do Norte.

Segundo o documento, produzido em junho, o regime de Kim conseguiu produzir uma ogiva nuclear de pequeno porte que pode ser instalada e carregada por um míssil balístico intercontinental.

Mais cedo, a Coreia do Norte ameaçou realizar "ações físicas" em resposta às sanções decretadas no sábado pelo Conselho de Segurança da ONU, em votação que contou com apoio da China e da Rússia.

As sanções da ONU, que se aplicam a importantes itens de exportação da Coreia do Norte, foram adotadas depois dos testes com mísseis balísticos intercontinentais realizados por Pyongyang.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos