Brasil e Uruguai procuram criminosos que assaltaram doleiros na fronteira

Montevidéu, 9 ago (EFE).- Agentes das polícias do Brasil e do Uruguai buscam um grupo de criminosos que assaltaram vários doleiros na segunda-feira na cidade uruguaia de Aceguá, levando US$ 30 mil, e depois fugiram em direção à Bagé, no Rio Grande do Sul.

Os doleiros foram assaltados quando atuavam de forma irregular por cerca de dez criminosos, presumivelmente brasileiros, que estavam em dois carros, segundo o Ministério do Interior do Uruguai.

Os autores do crime estavam usando toucas para esconder os rostos e estavam fortemente armados, afirmou o órgão hoje.

O chefe de Polícia do departamento de Cerro Largo, onde está Aceguá, Adán Oliveira, disse que entrou em contato com as autoridades brasileiras. Os dois órgãos ativaram o protocolo de emergência para atuação em conjunto nesse tipo de caso.

"Apesar de a polícia brasileira ter realizado um envio importante de pessoa, ela não conseguiu pegar os criminosos", afirmou Oliveira, segundo a nota divulgada pelo Ministério do Interior.

Em abril deste ano, criminosos brasileiros fortemente armados assaltaram na fronteira um turista que levava US$ 100 mil.

Oliveira destacou que já tinha alertado aos comerciantes da região sobre a regulamentação vigente para a transferência de valores, que estava sendo feita de maneira irregular, mas eles continuaram com a prática ilegal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos