Comissão Europeia pede que Coreia do Norte deixa de fazer provocações

Bruxelas, 9 ago (EFE).- A Comissão Europeia (CE) pediu nesta quarta-feira à Coreia do Norte que abandone as provocações que geraram uma escalada da tensão entre Washington e Pyongyang e pediu uma "desnuclearização" da península coreana sem "ações militares".

"A desnuclearização da península da Coreia deve ser alcançada por por meios pacíficos", o que "exclui ações militares", declarou a porta-voz comunitária Catherine Ray, que reconheceu que a escalada verbal entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte é "de grande preocupação para a União Europeia, como é para o resto da comunidade internacional".

Bruxelas pediu à Coreia do Norte que "se abstenha de qualquer provocação adicional que possa aumentar as tensões regionais e internacionais".

O Executivo comunitário lembrou que sempre condenou "com os termos mais fortes" que Pyongyang continue acelerando o desenvolvimento de seus programas balísticos e nuclear, que é uma "violação" das resoluções das Nações Unidas.

"A União Europeia seguirá pressionando a Coreia do Norte para que cumpra com suas obrigações internacionais", acrescentou a diplomacia europeia, que na sua declaração não citou os Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos