Coreia do Norte liberta missionário canadense detido desde 2015

Seul, 9 ago (EFE).- A Coreia do Norte anunciou nesta quarta-feira a liberdade "por razões humanitárias" do missionário canadense Lim Hyeon-soo, que estava detido desde 2015 e foi condenado a trabalhos forçados por realizar atos hostis contra o país.

Lim foi libertado "por motivos de doença e a partir de um ponto de vista humanitário", de acordo com o Tribunal Central da RPDC (Coreia do Norte), informou em comunicado a emissora estatal norte-coreana "KCNA". O cidadão canadense de origem sul-coreana chegou à Coreia do Norte através da China em janeiro de 2015 e no mesmo mês foi preso pelas autoridades norte-coreanas.

A Justiça do regime Juche o condenou a trabalhos forçados por ter realizado atividades subversivas contra o país, em um julgamento realizado em Pyongyang no final de 2015. A máxima instância judicial do país considerou que Lim Hyeon-soo tinha conspirado para "derrubar" o regime em um suposto complô liderado pelos governos dos Estados Unidos e da Coreia do Sul. Além disso, ele foi considerado culpado de realizar "atividades subversivas" com o objetivo de "prejudicar a dignidade da direção suprema e o sistema social da RPDC" e de "atividades religiosas contra o RPDC".

O condenado, de 62 anos e que liderava a Igreja Presbiteriana da Luz na cidade de Mississauga, nas proximidades de Toronto, reconheceu as acusações em uma confissão divulgada em julho de 2015 pela agência governista, mas várias organizações denunciaram que provavelmente o depoimento foi forçado pelas autoridades.

A soltura de Lim Hyeon-soo acontece em um momento de máxima tensão na Península da Coreia pela escalada da oposição entre o regime de Kim Jong-un e a Administração do presidente americano, Donald Trump, e após a morte do americano Otto Warmbier, em junho, que também tinha sido preso na Coreia do Norte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos