Ex-procuradora venezuelana agradece apoio de chanceleres

Caracas, 9 ago (EFE).- A ex-procuradora-geral da Venezuela Luisa Ortega Díaz agradeceu nesta quarta-feira o respaldo recebido ontem dos ministros de Relações Exteriores de 13 países do continente americano depois da sua destituição determinada pela Assembleia Nacional Constituinte.

"Agradeço a solidariedade e o reconhecimento dos países que participaram deste #08Ago na cúpula de chanceleres em Lima", escreveu ela no Twitter.

Sua cassação foi a primeira medida tomada por Constituinte, criticada e qualificada por ela como um instrumento para instaurar o totalitarismo na Venezuela.

"O apoio internacional é muito importante para readquirir a institucionalidade e as liberdades democráticas na #Venezuela", disse Ortega em outra postagem, um dia depois de os chanceleres de países como Brasil, Argentina e Canadá se comprometerem a não reconhecer nenhuma decisão tomada pela Constituinte.

Nesta reunião convocada pelo Peru, 13 governos do continente mostraram também seu respaldo ao Parlamento - de maioria opositora e que deve obediência à Constituinte - e expressaram apoio e solidariedade a Ortega perante a sua cassação no sábado passado por uma Assembleia que tacham de "ilegítima".

Na carta, os chanceleres condenam o governo de Nicolás Maduro por não permitir a entrada de medicamentos e alimentos, apesar da crise humanitária vivida no país, bem como "a violação sistemática de direitos humanos", a "perseguição política" e a "falta de eleições livres".

Na declaração, os os representantes presentes na reunião ainda pediram o fim de qualquer venda ou entrega de armas ao governo da Venezuela e se pronunciaram contra "a ruptura da ordem democrática" que a instalação da Constituinte representa.

Perante declarações diplomáticas como a de ontem, o governo qualificou estes pronunciamentos de ingerências e buscou apoio em governos aliados, como o de Cuba, da Nicarágua e da Bolívia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos