OIM encontra 29 corpos de imigrantes em praia do Iêmen

Sana, 9 ago (EFE).- A Organização Internacional de Migração (OIM) informou nesta quarta-feira que encontrou 29 corpos de imigrantes enterrados em uma praia de Shabua, no sul do Iêmen, depois que um traficante obrigou 120 pessoas a lançar-se ao mar de uma embarcação perto da costa iemenita.

Segundo a OIM, os imigrantes mortos, que tinham como destino final o Iêmen e os países do Golfo, foram enterrados rapidamente por aqueles que sobreviveram em "covas pouco profundas".

Alguns dos sobreviventes, que vinham do leste do continente africano, puderam abandonar a praia, enquanto que pelo menos 22 seguem desaparecidos, detalhou uma nota da entidade.

Além disso, a OIM calculou que a idade média dos imigrantes resgatados é de 16 anos.

O pessoal médico da OIM também prestou atendimento urgente aos 27 imigrantes que sobreviveram, entre eles mulheres e homens, que permaneceram na praia.

"Os sobreviventes disseram a nosso pessoal na praia que o traficante os empurrou ao mar quando viu as autoridades perto da costa", explicou Laurent de Boeck, chefe de missão da OIM no Iêmen.

"Eles também nos disseram que o traficante retornou à Somália para continuar com seu negócio e recolher mais migrantes para levá-los ao Iêmen pela mesma rota", acrescentou.

Desde janeiro de 2017 até agora, a OIM estima que cerca de 55.000 imigrantes saíram do Chifre da África para ir ao Iêmen, a maioria com o objetivo de "encontrar" melhores oportunidades nos países do Golfo.

Mais de 30.000 dessas pessoas são menores de 18 anos procedentes da Somália e da Etiópia, segundo a OIM, que calcula que um terço são mulheres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos