ONU expressa preocupação por "retórica de confrontação" sobre Coreia do Norte

Nações Unidas, 9 ago (EFE).- O secretário-geral da ONU, António Guterres, se declarou nesta quarta-feira preocupado com o aumento "da retórica de confrontação" entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte.

"O secretário-geral continua extremadamente preocupado pela situação e está inquieto pelo aumento da retórica de confrontação", disse seu porta-voz, Stéphane Dujarric, em sua entrevista coletiva diária.

Dujarric respondeu assim quando foi questionado sobre a troca de advertências protagonizada nas últimas horas por Estados Unidos e Coreia do Norte.

O presidente americano, Donald Trump, advertiu ontem ao regime de Kim Jong-un que "encontrará com uma fúria e um fogo jamais vistos no mundo" se não parar de ameaçar seu país.

Pouco depois, a Coreia do Norte disse que está "analisando cuidadosamente" um plano para atacar com mísseis as bases americanas na ilha de Guam.

Guterres, através do seu porta-voz, encorajou hoje todos os atores a buscar fórmulas para "reduzir a tensão" e destacou que a resolução sobre a Coreia do Norte aprovada no último final de semana pelo Conselho de Segurança da ONU oferece um "mapa do caminho" para sair da crise.

O principal órgão de decisão das Nações Unidas endureceu com esse texto, adotado por unanimidade, as sanções internacionais que pesam sobre a Coreia do Norte em resposta aos seus repetidos testes nucleares e de mísseis balísticos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos