Santos diz que caso Odebrecht mostra que luta anticorrupção dá resultados

Bogotá, 9 ago (EFE).- O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, tachou como positiva a revelação do caso envolvendo a construtora brasileira Odebrecht na Colômbia porque mostra que a luta contra a corrupção dá resultados no país.

"Acho bom que isto esteja ocorrendo, porque significa que a luta contra a corrupção está tendo resultados, porque não (é) somente a Odebrecht, estamos revelando casos por muitos lugares", disse Santos em uma entrevista com a Agência Efe.

A Promotoria colombiana investiga os subornos supostamente pagos pela Odebrecht na Colômbia e que totalizaram 84 bilhões de pesos (cerca de US$ 28,35 milhões), não de US$ 11,1 milhões, como indicou a princípio o Departamento de Justiça dos EUA em dezembro do ano passado.

Até o momento e pelo caso da concessão à firma brasileira da construção da estrada Ruta del Sol II e sua adição da via Ocaña-gamarra foram detidos o ex-vice-ministro de Transporte Gabriel García Morales, o ex-senador Otto Bula e o ex-assessor da Agência Nacional de Infraestrutura Juan Sebastián Correa, entre outros.

Perante esta situação, Santos detalhou que as entidades de controle e do Governo "estão trabalhando lado a lado para punir qualquer pessoa que esteja envolvida com a corrupção".

O presidente se mostrou satisfeito que no caso Odebrecht não esteja envolvido "nenhum funcionário" do seu Governo, já que até o momento só Correa, "de segundo nível" no Executivo, foi acusado formalmente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos