Maduro cumprimenta oposição por decisão de participar das eleições regionais

Caracas, 10 ago (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, cumprimentou nesta quinta-feira os partidos de oposição por terem decidido inscrever candidatos para as próximas eleições regionais e afirmou que, dessa forma, eles reconhecem a legitimidade da Assembleia Nacional Constituinte, formada apenas por chavistas.

"Eu saúdo que, no dia de hoje, todos os partidos políticos da oposição tenham inscrito candidatos e candidatas no Conselho Eleitoral Nacional (CNE) e que se disponham a participar das eleições. Reconheceram a legitimidade do CNE, reconheceram a legitimidade desta Constituinte", disse Mauro.

O presidente fez as declarações em uma sessão especial da Assembleia Constituinte que está sendo realizada no Palácio Federal Legislativo, prédio que antes abrigava o parlamento da Venezuela, controlado pela oposição.

Maduro expressou sua satisfação de a oposição ter tomado a decisão de participar das eleições regionais que serão organizadas por Tibisay Lucena, presidente do CNE, acusada pela empresa Smartmatic, que faz a contagem de votos na Venezuela, de manipular a participação na eleição da Assembleia Constituinte.

"Muito bem, oposição venezuelana", afirmou Maduro.

Ontem, a Mesa da Unidade Democrática (MUD), principal aliança de oposição, inscreveu candidatos para as eleições para governador, que devem ser realizadas em dezembro, em 17 dos 24 estados do país. Nos outros sete, a MUD está proibida de ter candidaturas pelo CNE.

Segundo os opositores, a decisão é uma forma de "obrigar a realização de eleições" e também atende uma das principais bandeiras dos protestos registrados nos últimos meses no país.

Apesar de a MUD ter indicado que a decisão foi tomada por consenso, alguns líderes da oposição criticaram a medida. María Corina Machado, integrante da coalizão, disse que a inscrição de candidatos é uma forma de "se submeter à ditadura".

Além disso, a oposição afirma que não reconhece a Assembleia Nacional Constituinte, contrariando o que Maduro disse hoje.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos