Maioria dos americanos quer investigação profunda sobre trama russa

Washington, 10 ago (EFE).- Mais da metade dos americanos (60%) acredita que a possibilidade de a Rússia ter tentado interferir no resultado das eleições presidenciais de 2016 ou se coordenado com a campanha de Donald Trump é algo muito sério que deve ser investigado, segundo uma pesquisa publicada nesta quinta-feira pela "CNN".

Além disso, 59% consideram que o presidente americano não está conduzindo o assunto da investigação sobre a suposta interferência russa de maneira adequada, enquanto 31% aprovam sua estratégia.

Já 38% dos entrevistados consideram que a investigação sobre a trama russa é uma invenção para desacreditar Trump, que tachou a investigação de uma "caça às bruxas".

Além disso, a pesquisa aponta que 70% dos americanos consideram que os investigadores deveriam revisar as finanças e declarações de imposto de renda de Trump, algo que o presidente se negou a fornecer apesar de ser uma tradição.

Entre os republicanos, apenas 56% consideram que Trump está tratando o escândalo da interferência russa de forma adequada, muito abaixo dos 83% que aprovam seu trabalho na Presidência em geral.

O presidente americano disse abertamente que a investigação sobre a trama russa nas eleições e a possível ligação de membros de sua campanha com o Kremlin é uma distração e uma tentativa democrata de desacreditar sua vitória eleitoral.

A investigação agora é liderada pelo procurador especial Robert Mueller, que criou um grande júri para possivelmente interrogar pessoas envolvidas e, caso necessário, apresentar acusações.

O FBI revistou em julho a casa de Paul Manafort, ex-chefe de campanha de Trump, que no passado manteve relações e negócios com pessoas vinculadas ao governo russo.

A pesquisa da "CNN", realizada de 3 a 6 de agosto, entrevistou 1.018 adultos e tem uma margem de erro de 3,6%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos