Trump critica líder republicano no Senado por Obamacare

Washington, 9 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, investiu nesta quarta-feira contra o líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, que disse que o governante tinha acumulado "expectativas excessivas" sobre a derrubada no Congresso do Obamacare, o sistema de saúde promulgado por seu antecessor Barack Obama.

"O senador Mitch McConnell disse que eu tinha 'expectativas excessivas'. Mas eu não acredito. Após sete anos ouvindo 'derrubar e substituir', por que não fazê-lo?", disse Trump em uma mensagem no Twitter.

As palavras de McConnell e a investida de Trump chegam depois que a maioria republicana no Senado foi incapaz de aprovar no mês passado alguma de suas próprias propostas para revogar e substituir o Obamacare, uma das grandes promessas do presidente ao chegar à Casa Branca.

Muitos apontaram McConnell como responsável por não ter conseguido fazer com que 50 de seus próprios senadores votassem em favor da iniciativa que colocaria fim ao Obamacare.

O líder republicano disse esta semana que a inexperiência de Trump foi um dos motivos para o fracasso.

"Nosso novo presidente, está claro, não esteve antes nesta linha de trabalho. E acredito que tinha expectativas excessivas sobre o quão rápido as coisas acontecem em um processo democrático", disse o senador.

Apesar de Trump fazer críticas a senadores de seu próprio partido de forma habitual, como John McCain e Lisa Murkowski, ele não costuma fazê-las contra McConnell, que tem em suas mãos o controle republicano no Senado.

No entanto, nesta ocasião McConnell também recebeu críticas de outros companheiros de partido, como o senador Lindsey Graham.

"Eu gosto do Mitch (McConnell), mas estivemos dizendo que revogaríamos e substituiríamos o Obamacare durante oito anos. Não é algo que decidimos de repente", disse o político à emissora "Fox News".

"Não há forma de amenizá-lo, o Partido Republicano prometeu durante oito anos revogar e substituir o Obamacare, falhamos, e se nos rendemos, devemos sentir vergonha", acrescentou Graham.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos