Trump declarará emergência nacional por epidemia do uso de opioides nos EUA

Washington, 10 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira que prevê declarar uma "emergência nacional" por conta da epidemia do uso de opioides no país, onde 91 pessoas morrem a cada dia por esse problema.

"A crise dos opioides é uma emergência. E estou dizendo oficialmente agora que é uma emergência. Uma emergência nacional", afirmou Trump em declarações aos jornalistas em seu clube de golfe de Bedminster (Nova Jersey).

"É uma emergência nacional e estamos redigindo documentos para certificar isso", disse o presidente, ao reiterar que a situação representa um "problema grave".

"Nunca houve algo como o que aconteceu neste país durante os últimos quatro ou cinco anos", acrescentou o republicano.

Trump fez esses comentários após abordar na última terça-feira com sua equipe a crise gerada pelo vício em analgésicos opioides com receita como OxyContin e Vicodin, que levam muitos americanos a posteriormente usarem heroína, mais barata no mercado negro.

A cada dia, 91 americanos morrem por overdose de opioides, segundo dados dos Centros para o Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, um problema que disparou desde o início do século e que está relacionado ao aumento da venda com receita de analgésicos, que quadruplicou desde 1999.

Durante a campanha eleitoral do ano passado, Trump prometeu travar uma "batalha" contra os opioides, que em 2016 mataram quase 60 mil cidadãos dos EUA, segundo dados preliminares do governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos