União Europeia anuncia novas sanções à Coreia do Norte

Bruxelas, 10 ago (EFE).- A União Europeia (UE) anunciou nesta quinta-feira que acrescentou nove pessoas e quatro companhias norte-coreanas à lista de indivíduos e entidades sancionadas com congelamento de ativos e restrições de movimentos, em linha com a resolução adotada nesta semana pelo Conselho de Segurança da ONU.

As Nações Unidas adotaram essas sanções em resposta às atividades relativas às armas nucleares e ao desenvolvimento de mísseis balísticos do regime de Pyongyang, em violação às resoluções prévias do Conselho de Segurança da ONU.

"A decisão eleva a 62 o número total de pessoas sob medidas restritivas contra a Coreia do Norte e a 50 entidades listadas pela ONU", apontou o Conselho da UE em um comunicado.

A isso se somam 41 pessoas e sete entidades mais "designadas pela UE de forma autônoma", que "completam e reforçam o regime de sanções da ONU ".

A decisão do Conselho da UE, que representa os 28 Estados-membros da União Europeia (UE), foi adotada por procedimento escrito e será publicada no Diário Oficial da União Europeia em 11 de agosto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos