Atentado contra quartel rebelde deixa 23 mortos no sul da Síria

Cairo, 11 ago (EFE).- Pelo menos 23 pessoas morreram nesta sexta-feira, em sua maioria combatentes de uma facção islâmica, em decorrência da explosão de uma bomba em um quartel no sul da Síria, perto de uma passagem fronteiriça com a Jordânia, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A explosão aconteceu em um quartel da facção Exército do Islã perto da localidade fronteiriça de Naseeb Has, na província de Deraa.

A ONG afirmou que a maioria das vítimas pertencem a essa facção e assegurou que o atentado deixou ainda dezenas de feridos, alguns deles em estado grave.

Desde o último dia 9 de julho está em vigor um cessar-fogo em Al Sueida e nas regiões meridionais de Deraa e Al Quneitra, alcançado graças a um acordo entre a Rússia - aliada do governo de Damasco -, Jordânia e Estados Unidos, ambos fiadores da oposição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos