Genro de Trump é multado por entregar documentos financeiros fora do prazo

Washington, 11 ago (EFE).- Jared Kushner, genro e assessor do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi multado, junto com outros funcionários da Casa Branca, pelo Escritório de Ética do Governo por entregar fora do prazo documentos relacionados aos seus negócios.

Kushner e 17 de seus companheiros da Casa Branca, entre eles o ex-chefe de gabinete Reince Priebus e a porta-voz Sarah Sanders deverão pagar uma multa de US$ 200 ao Departamento do Tesouro.

No entanto, as multas podem ser canceladas se a Casa Branca justificar que a entrega tardia dos documentos ocorreu por "circunstâncias extraordinárias".

Kushner, marido de Ivanka Trump, filha do presidente e também assessora da Casa Branca, apresentou fora do prazo informações relativas a transações financeiras.

A informação foi publicada pelo grupo "McClatchy", que recebeu o relatório de um grupo democrata, o American Bridge 21st Century.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos