Homem atropela várias pessoas após marcha supremacista branca nos EUA

Washington, 12 ago (EFE).- Um homem atropelou neste sábado um grupo de pessoas que protestava contra uma marcha de supremacistas brancos na cidade de Charlottesville, no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, deixando várias delas gravemente feridas.

As autoridades locais confirmaram o atropelamento, mas não deram detalhes sobre o motivo, o responsável e o número de feridos.

O incidente ocorreu pouco depois de o governador da Virgínia, Terry McAuliffe, ter declarado estado de emergência na cidade e de o presidente dos EUA, Donald Trump, ter condenado "tudo o que representa o ódio", sem citar especificamente o ato dos supremacistas brancos.

"Múltiplos feridos após a colisão de vários veículos. Vários pedestres atropelados", indicaram as autoridades locais na conta oficial no Twitter da cidade de Charlottesville.

A polêmica marcha "Unite the Right" (Unir a Direita) foi organizada como protesto pela retirada de uma estátua em homenagem ao general confederado Robert E. Lee, que liderou as forças sulistas durante a Guerra Civil dos EUA.

Manifestantes e opositores já tinham entrado em confronto ontem por causa da medida.

A manifestação foi classificada como o "maior encontro de ódio de raça em décadas", segundo Southern Poverty Law Center, que investiga pessoas que fomentam a violência racial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos