Inundações matam 10 pessoas e deixam 38 desparecidos no norte do Irã

Teerã, 12 ago (EFE).- Pelo menos 10 pessoas morreram e outras 38 estão desaparecidas após uma inundação provocada por intensas chuvas que caíram ontem nas províncias de Khorasan Razavi e Golestan, no norte do Irã, informaram neste sábado meios de comunicação locais.

O diretor executivo da organização humanitária Crescente Vermelho da província de Khorasan Razavi, situada no nordeste do país, Moytaba Ahmadi, afirmou hoje que "oito pessoas perderam a sua vida e outras 38 estão desaparecidas", segundo a agência oficial iraniana de notícias "IRNA".

Dos oito mortos, "cinco pertencem à localidade de Kalat, dois a Dargaz e uma a Neyshabur", detalhou Ahmadi.

Além disso, a intensa chuva que começou na quinta-feira, e continuou ontem, provocou inundações na província de Golestan, no norte do país e matou duas pessoas nas localidades de Ali Abad e Dashly Borun.

Ahmadi explicou que, após a inundação de ontem, o Crescente Vermelho enviou 223 socorristas às localidades afetadas e que "as operações de resgate continuam".

O primeiro vice-presidente iraniano, Eshaq Jahangiri, expressou suas condolências aos familiares das vítimas e, em uma conversa por telefone com os governadores das províncias afetadas, ressaltou a necessidade de prestar assistência às vítimas e seus familiares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos