Líder de guerrilha acusado de atentados terroristas é preso na Colômbia

Bogotá, 11 ago (EFE).- As autoridades da Colômbia capturaram nas últimas horas desta sexta-feira Carlos Alberto Sánchez Zapata, também conhecido como "Gonzalo" e "El Paisa", líder da guerrilha do Exército de Libertação Nacional (ELN), responsável por vários atentados cometidos no sudoeste do país.

A polícia colombiana informou em um comunicado que Sánchez é "um dos homens no comando da frente José María Becerra, com 17 anos de experiência na guerrilha".

A prisão ocorreu durante uma operação realizada na cidade de Medellín, em cumprimento de uma ordem de captura do líder guerrilheiro pelos crimes de homicídio agravado com fins terroristas, homicídio agravado em grau de tentativa, terrorismo e lesão corporal grave.

Relatórios do serviço de inteligência indicam que "Gonzalo" participou do atentado terrorista com um carro-bomba ocorrido em junho de 2011 na cidade de Popayán, no sudoeste do país, que deixou uma pessoa morta, dez feridas e múltiplos danos a veículos e edificações.

Além disso, o guerrilheiro, de 39 anos, é investigado por seu suposto vínculo com a ativação de um artefato explosivo em novembro de 2011 em frente ao Escritório de Assuntos Étnicos Indígenas da Terceira Divisão do Exército Nacional, também em Popayán, uma ação na qual várias pessoas ficaram feridas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos