Macron e Trump conversam por telefone sobre crise com a Coreia do Norte

Paris, 12 ago (EFE).- Os presidentes da França, Emmanuel Macron, e dos Estados Unidos, Donald Trump, conversaram neste sábado por telefone sobre a crise na Coreia do Norte.

O diálogo, segundo fontes do Palácio do Eliseu, tinha como objetivo evitar um aumento da tensão da crise envolvendo o país após a escalada de ameaças entre Washington e Pyongyang.

"Os dois presidentes acertaram continuar em contato nos próximos dias", disseram as fontes da presidência da França.

A conversa ocorre após a divulgação de um comunicado de Macron no qual o presidente francês destaca que a comunidade internacional deve agir de "forma organizada, firme e eficaz, como acaba de fazer o Conselho de Segurança da ONU para que a Coreia do Norte retome incondicionalmente a via do diálogo".

Nessa nota, Macron expressou aos aliados e aos parceiros da França na região sua solidariedade diante da situação atual. Além disso, ele pede "responsabilidade" a todos para impedir uma "escalada das tensões".

Para a França, o agravamento da ameaça balística e nuclear da Coreia do Norte prejudica a "preservação da paz e da segurança internacional", o que cria um sério risco sobre o caráter perene sobre o regime internacional de não proliferação nuclear.

O presidente da França acrescentou que, ao lado dos demais membros do Conselho de Segurança da ONU, pede à Coreia do Norte que "cumpra sem demora suas obrigações internacionais e execute o desmantelamento completo, verificável e irreversível de seus programas nucleares e balísticos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos