Bombeiros lutam para extinguir numerosos incêndios na ilha grega de Zante

Atenas, 13 ago (EFE).- Os bombeiros lutam para extinguir uma série de incêndios que estão afetando há três dias à ilha grega de Zante, no mar Jônico, que já arrasaram centenas de hectares de floresta e que, segundo as primeiras investigações, não são naturais.

Apenas durante o final de semana se produziram 11 incêndios nesta turística ilha, paraíso natural das tartarugas marinhas, dos quais cinco permanecem ainda fora de controle.

Mais de 120 bombeiros e três helicópteros estão permanentemente em ação para tentar sufocar as chamas, segundo indicou o prefeito da ilha, Pavlos Kolokotsas, aos meios de comunicação locais.

A maior preocupação das autoridades neste momento está na situação da cidade de Agalas, no sudoeste da ilha.

Ainda que que as chamas não tenham alcançado residências, há temor por estábulos e instalações agrícolas. Até agora só se incendiou uma destas instalações, mas afortunadamente tratava-se de um edifício abandonado.

Os ventos estão dificultando as tarefas de extinção das chamas, segundo apontou o secretário geral de Defesa Civil, Yannis Kapakis, em declarações à agência de notícias grega "AMNA".

Segundo Kapakis, as primeiras investigações apontam claramente a que se trata de incêndios provocados, uma vez que acontecem simultaneamente em muitos pontos distantes, sem que haja nada que indique que possam dever-se a causas naturais.

Em toda Grécia se registraram 53 incêndios florestais nas últimas 24 horas, a maioria dos quais puderam ser controlados na etapa inicial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos