Confrontos ao norte de Tikrit matam 15 jihadistas e 3 soldados iraquianos

Bagdá, 13 ago (EFE).- Pelo menos 15 jihadistas do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) e três membros das forças iraquianas morreram neste domingo em enfrentamentos ao norte da cidade de Tikrit, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

Os extremistas atacaram nesta manhã posições das forças de segurança iraquianas na área de Al Zauia, 70 quilômetros ao norte de Tikrit, na província de Saladino, assegurou a fonte.

Este ataque, que começou com intensos disparos de artilharia e de morteiro por parte dos jihadistas, terminou com três soldados iraquianos mortos e oito feridos.

As unidades militares responderam ao ataque, apoiados pela aviação iraquiana, e acabaram com a vida de 15 jihadistas e expulsaram da área os remanescentes, além de destruir as vias de fornecimento no local.

A fonte acrescentou que as tropas iraquianas destruíram o equipamento militar utilizado pelos radicais, bem como com seus veículos blindados.

O EI tem presença em várias áreas do Iraque, onde chegou a dominar nos últimos três anos amplos territórios e grandes cidades, como Ramadi e Mossul (norte).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos