Irã aprova sanções contra EUA e mais fundos para seu programa de defesa

Teerã, 13 ago (EFE).- O Parlamento d Irã aprovou neste domingo por unanimidade um projeto de lei que contém um plano de contramedidas para se opor às sanções dos Estados Unidos, incluindo um reforço de US$ 500 milhões para o programa defensivo militar do país.

Em uma esperada sessão, os deputados ratificaram o projeto com 240 votos a favor e uma abstenção, segundo a página oficial do Parlamento iraniano.

Metade dos citados US$ 500 milhões ser destinada às Forças Armadas para expandir o programa de mísseis, o motivo pelo qual Washington sancionou Teerã.

A outra metade será distribuída entre os Ministérios de Defesa, Inteligência e Exteriores, com o objetivo de impulsionar a capacidade defensiva e contra possíveis ataques nucleares, bem como para salvaguardar a estabilidade regional.

Além disso, para proteger aos Guardiães da Revolução, alvo de sanções por parte dos EEUU, e lutar contra o terrorismo, o texto atribui US$ 250 milhões à Força Al Quds deste corpo de elite.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos