Sobe para 34 o número de mortos em inundações e deslizamentos no Nepal

Katmandu, 13 ago (EFE).- O número de mortos provocados pelas inundações e deslizamentos de terras no Nepal subiu para 34, enquanto o de desaparecidos se situa em 36 em todo o país, onde se teme que aumente o saldo de vítimas, informou neste domingo à Agência Efe uma fonte oficial.

"Fomos informados que 34 pessoas morreram desde sexta-feira", disse o porta-voz do Ministério de Interior do Nepal, Ram Krishna Subedi, que acrescentou que a cifra pode aumentar devido ao fato de que chuvas fortes continuam caindo em algumas regiões do país.

Segundo os dados da pasta de Interior, 3.561 famílias se deslocaram por causa das chuvas e cerca de 31.000 moradias ficaram inundadas pela água nos 19 distritos do sul e do oeste do país afetados.

O Departamento de Hidrologia e Meteorologia do Nepal alertou que as precipitações persistirão até amanhã.

"As chuvas continuarão até segunda-feira, principalmente no centro e no oeste do Nepal. Pedimos às pessoas que permaneçam alertas e em locais seguros", disse o diretor-geral do organismo, Rishi Ram Sharma.

Durante o último mês, pelo menos 47 pessoas morreram em incidentes relacionados com as chuvas, que são abundantes durante a época de monções que acontece agora nesta região da Ásia.

Os deslizamentos de terra e as inundações são habituais na época de monções no Nepal e no resto do sul da Ásia, onde, além das vítimas, acarretam consideráveis danos materiais a cada ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos