PUBLICIDADE
Topo

Bombardeios da aliança árabe matam 54 pessoas na capital do Iêmen

23/08/2017 15h21

Sana, 23 ago (EFE).- Pelo menos 54 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas nesta quarta-feira em vários bombardeios da coalizão árabe, liderada pela Arábia Saudita, em Sana, capital do Iêmen, uma área controlada pelos rebeldes houtis, informaram à Agência Efe fontes médicas e meios controlados pelos rebeldes.

O primeiro bombardeio que aconteceu perto de um posto de controle em Arhab, no norte de Sana, causou a derrubada do teto do segundo andar de um edifício, onde estava a maioria das vítimas, segundo um médico que trabalha nos trabalhos de resgate.

A agência oficial de notícias iemenita "Saba" - controlada pelos houtis - assegurou que os corpos de resgate recuperaram 48 corpos, enquanto fontes médicas disseram que 14 pessoas ficaram feridas.

Por outra parte, a emissora de televisão iemenita "Al Masira" afirmou que houve mais quatro bombardeios da coalizão contra postos de controle na área de Sanhan, no acesso meridional de Sana, onde pelo menos seis membros do movimento houti morreram e outros 15 ficaram feridos.

Além disso, o canal, controlado pelos rebeldes, assegurou que houve outros ataques aéreos contra posições de segurança no noroeste da capital.

A coalizão internacional intervém no conflito iemenita desde março de 2015 a favor do presidente Abdo Rabu Mansur Hadi e contra os houtis, que controlam Sana e várias regiões no centro e no noroeste do país.