PUBLICIDADE
Topo

Grande incêndio que atingia o centro de Portugal é controlado

26/08/2017 06h56

Lisboa, 26 ago (EFE).- O grande incêndio que queimava há dois dias no município de Oleiros, no centro de Portugal, foi controlado pelos bombeiros, que esperam agora que a queda nas temperaturas prevista a partir deste domingo ajude a acabar com a propagação dos focos de incêndio no país.

A porta-voz da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) de Portugal, Patrícia Gaspar, indicou neste sábado que, após controlar as chamas em Oleiros, mais de mil bombeiros permanecem no local e tentam agora extinguir os focos que seguem acesos.

Além disso, mais de 350 veículos terrestres e dois meios aéreos estão sendo utilizados nos trabalhos de extinção das chamas.

No total, cinco incêndios permanecem ativos no país que, por enquanto, "não causam especial preocupação" para a ANPC, disse Gaspar.

Além disso, a porta-voz destacou que as previsões do Instituto Português de Mar e Atmosfera (IPMA) indicam uma queda nas temperaturas a partir de amanhã, domingo, o que animou as autoridades, que esperam que a propagação dos focos de incêndio se reduza.

Desde 1º de janeiro até 21 de agosto foram declarados em Portugal 11.537 incêndios de diversa consideração, que arrasaram 166 mil hectares, segundo os números da ANPC.

O incêndio mais importante do verão ocorreu em 17 de junho em Pedrógão Grande, no centro do país, no qual morreram 64 pessoas, mais de 250 ficaram feridas e 46 mil hectares de terrenos foram arrasados.