PUBLICIDADE
Topo

Polícia finlandesa identifica suspeito de atentado em Turku

27/08/2017 15h54

Berlim, 27 ago (EFE).- A polícia finlandesa informou neste domingo que o principal suspeito do atentado da cidade de Turku, em que duas mulheres morreram esfaqueadas e outras oito ficaram feridas, é um marroquino nascido em 1994, cujo nome não foi divulgado.

"A polícia interrogou o principal suspeito, que está disposto a se comunicar com o agente que realiza o interrogatório", indica o comunicado, que aponta que a identidade do homem foi obtida com a ajuda de diversos organismos internacionais de segurança.

A polícia acrescenta que, por razões relacionadas à investigação, neste momento não é possível revelar o conteúdo das declarações do suspeito.

Inicialmente havia sido informado que o suposto autor do ataque era um cidadão marroquino de 18 anos que se chamava Abderrahman Mechkah.

O principal suspeito permanece detido após um tribunal decretar na última terça-feira sua prisão preventiva por duas acusações de assassinato e oito de tentativa de homicídio com motivações terroristas.

A polícia investiga se suspeito tem vínculos com grupos terroristas como o Estado Islâmico (EI) e se seu ataque tem relação com os atentados de 17 de agosto na Catalunha, que deixaram 16 mortos e mais de cem feridos e que também foram perpetrados por jihadistas marroquinos.

As autoridades tinham informado que o jovem chegou à Finlândia em 2016 procedente da Alemanha e pediu asilo, que não foi concedido pelos os serviços de imigração em primeira instância, decisão que o levou a recorrer.

Além disso, outros três homens, também da região do Magrebe, foram acusados de serem cúmplices do atentado, considerado pela polícia finlandesa o primeiro ato terrorista no país.