PUBLICIDADE
Topo

Explosão de carro bomba em Bagdá mata 13 pessoas e deixa 25 feridos

28/08/2017 07h39

Bagdá, 28 ago (EFE).- Pelo menos 13 pessoas morreram nesta segunda-feira e outras 25 ficaram feridas após a explosão de um carro-bomba perto de um prédio que pertence ao Ministério de Energia, no leste de Bagdá, segundo informou uma fonte da Polícia local.

O veículo explodiu na zona de Jamila, na Cidade Sadr, um bairro de maioria xiita no leste da capital iraquiana, segundo a fonte.

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou o atentado através de um comunicado divulgado pela agência "Amaq", vinculada aos extremistas.

Vários feridos estão em estado grave, segundo a fonte policial, que acrescentou que foram registrados grandes danos materiais em edifícios e veículos próximos ao local da explosão.

A polícia isolou a zona como medida de segurança para prevenir de novos possíveis ataques por parte dos terroristas.

Este é o atentado mais grave na capital iraquiana desde maio e ocorre um dia depois que as forças governamentais arrebataram do EI a cidade de Tel Afar, no norte do país.

Em seus atentados no Iraque, o EI, grupo extremista de credo sunita, costuma ter como alvo a comunidade xiita, que é majoritária no país e tem uma presença maior nas regiões meridionais.