PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Kim Jong-un foi pai pela terceira vez, aponta inteligência de Seul

29/08/2017 07h43

Seul, 29 ago (EFE).- O líder da Coreia do Sul, Kim Jong-un, foi pai pela terceira vez no começo deste ano, segundo revelou o Serviço Nacional de Inteligência sul-coreano (NIS) durante um comitê parlamentar cujo conteúdo foi divulgado nesta terça-feira a agência local "Yonhap".

A esposa do líder norte-coreano, Ri Sol-ju, teria dado à luz a seu terceiro filho em fevereiro, sem que tenha confirmação de sexo e nome, informou o NIS na segunda-feira durante o comitê.

Os rumores sobre a gravidez de Ri dispararam no ano passado depois que a primeira-dama norte-coreana desapareceu da vida pública durante meses.

O hermetismo do regime de Pyongyang não deixa confirmar dados pessoais dos membros da dinastia Kim - nem sequer se sabe com certeza a idade do atual líder e nem da sua esposa -, e as informações chegam através de especulações ou dos serviços de inteligência de Seul.

Ri Sol-ju apareceu pela primeira vez em público junto ao seu marido em 2012, pouco depois que este chegou ao poder em dezembro do ano anterior, ainda que a Inteligência da Coreia do Sul acredite que ambos se casaram em 2009.

De acordo com as informações do NIS, Ri deu à luz a seu primeiro e segundo filho em 2010 e 2013, respectivamente.

A única informação que transcendeu a respeito é que o segundo filho de Kim Jon-un é uma menina de nome Ju-ae, segundo revelou em 2013 o ex-jogador da NBA Dennis Rodman após uma visita a Pyongyang na qual passou tempo com a família de Kim, com quem goza de uma boa relação e a quem define como "um bom pai".

Internacional