PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Kremlin afirma que não deixará "ações hostis" dos EUA sem resposta

31/08/2017 10h59

Moscou, 31 ago (EFE).- O Kremlin lamentou nesta quinta-feira a postura pouco construtiva dos Estados Unidos nas relações com a Rússia e afirmou que "não deixará sem resposta os atos inamistosos e, às vezes, inclusive hostis" de Washington.

"Lamentamos a postura pouco construtiva de nossos colegas dos Estados Unidos e, naturalmente, não podemos deixar sem resposta os atos inamistosos e, às vezes, inclusive hostis em nossa direção", disse à imprensa o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

O representante do Kremlin respondeu assim à pergunta sobre a atuação de Moscou perante uma eventual resposta de Washington à redução da atividade diplomática dos EUA após o corte de pessoal na Rússia.

Anteriormente, os Estados Unidos criticaram o anúncio de que 755 trabalhadores da embaixada e dos consulados da Rússia deverão cessar suas atividades a partir de 1º de setembro.

Ao mesmo tempo, Peskov sublinhou que "não foi Moscou quem iniciou a crise na qual se encontram afundadas as relações bilaterais" e que a Rússia busca "ter boas relações" com os EUA, baseadas nos "princípios de benefício e respeito mútuo".

Internacional