Presidente do Quênia acata anulação das eleições, mas expressa desacordo

Nairóbi, 1 set (EFE).- O presidente do Quênia, Uhuru Kenyatta, acatou nesta sexta-feira a decisão do Tribunal Supremo do país que invalida sua reeleição por causa de irregularidades nas eleições do dia 8 de agosto, ainda que tenha expressado seu desacordo com uma resolução, que considera contrária à vontade de milhões de pessoas.

"Hoje, seis pessoas (os juízes do Supremo), decidiram ir contra a vontade do povo", disse em pronunciamento público no qual pediu "paz, paz e paz" aos cidadãos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos